Ônibus Turístico não é o primeiro com dois andares em SP

Já faz um tempo que a SPTuris, SPTrans e CET colocaram nas ruas de São Paulo um ônibus de dois andares que faz o trajeto turístico.

Você pode acompanhá-lo ao vivo no app:

 

Custa R$ 40 e dá direito a embarques ilimitados no mesmo dia. Você pode descer nas atrações e passear o quanto quiser, mas tem que ficar ligado para não perder a próxima saída. São três por dia, e cinco aos domingos e feriados.

Como é só um veículo na linha, ver onde o busão turístico está é bem útil. 

Agora, pausa para o flashback.

 

Não é o primeiro ônibus de dois andares de São Paulo

 Apresentamos: o Fofão.

Esse é o Scania K112CL, fabricado pela extinta Thamco. Fez a primeira viagem em Sampa dia 8 de setembro de 1987. A Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC) colocou 11 deles para rodar, todos vermelhos.

O Fofão fez parte do projeto do então prefeito Jânio Quadros. Tinha 72 assentos e espaço para 40 passageiros em pé. Assim como acontece até hoje em Londres, na parte de cima só se viajava sentado.

Sei o que você está pensando agora. Será que cabe mais gente nele do que no ônibus biarticulado? 

(Tem até uma polêmica nesses números, porque a prefeitura aumentou os números da capacidade dos busões articulados em 2013, “lotando” mais o ônibus. Enfim. Continuando...)

Os ônibus de dois andares circulavam em maior parte na linha 5111, no corredor de Santo Amaro, que hoje possui os biarticulados. Mas também havia veículos na 3160, para o Terminal Vila Prudente.

Sim, as linhas existem até hoje!

Em 1988, mais 26 ônibus de dois andares foram adicionados à frota. Esses modelos também circularam em linhas de Osasco.

 

Adivinha por que não deu certo?

Te damos três motivos:

Enroscava no caminho, e por isso saiu de circulação em 1993. Hoje, busão de dois andares só aqueles de viagem que vão para outras cidades. ou a linha turística mesmo.

Fim do flashback.

 

De volta ao ônibus turístico... é legal mesmo? 

É. Te damos três motivos:

- tem material e audio guia em português, inglês e espanhol
- o roteiro é bacana para quem não tem muito tempo
- andar no segundo andar do ônibus é muito da hora

... mas é meio caro, né?

É. Por isso a gente te ajuda a fazer um rolê bem parecido com o Bilhete Único mesmo.

 

Roteiro turístico com o ônibus comum

Aqui um roteiro parecido, sem depender tanto dos horários do ônibus turístico, parando para aproveitar lugares legais de Sampa. Para fazer completo só ou uma parte.

Clique nos links para ver os trajetos.

1. Comece na estação da Luz

É linda. Dá pra chegar de metrô, mas a gente está falando da Estação Luz do trem, projetada com arquitetura inglesa.

 

2. Da Luz à República

Não, não estamos falando da Linha Amarela. Por cima da terra você cruza a Ipiranga com a São João: 701A-10 Cidade Universitária ou o 701U-10 Metrô Vila Madalena.  

 

3. Rumo ao Pacaembu

Passando pelo Copan, projetado por Oscar Niemeyer e um dos símbolos da arquitetura na cidade. Com o 408A-10 Cardoso de Almeida, que vai por dentro de Higienópolis. 

Chegando lá, dá para aproveitar o Museu do Futebol.

 

4. Ibirapuera via Paulista

Você pode pegar o 917M - Metrô Ana Rosa até a Brigadeiro. Tem bastante coisa para ver no caminho: a Praça do Ciclista, o MASP, o Conjunto Nacional… Vale até descer do busão, procurar uma bike compartilhada e passear na ciclovia.

 

No fim da avenida, troque de ônibus por qualquer um que desça a Brigadeiro. Não esqueça de conferir a arquitetura moderna do Hotel Unique no caminho (fica à direita).

 

5. Voltando para a Sé

Volte para o marco zero da cidade, passando pelo Centro Cultural São Paulo e o Largo São Francisco. São várias opções. Fica fácil com o Praça da Sé (5175-10, 5318-10 ou 5652-10).

 

 

6. Batendo perna no Centro

Caramba, ainda tem disposição? Tem o belíssimo o Pateo do Colegio, pertinho do Solar da Marquesa de Santos para um passeio a pé. 

De lá, é facinho voltar pra casa.

 

No fim de semana, com Bilhete Único: 4 ônibus num período de 8 horas por R$ 3,80

Além de fugir do horário de pico, você paga uma passagem. Basta ter no mínimo R$ 15.20 carregados, com o bilhete especial de fim de semana

Tem outras ideias de passeio com as linhas de São Paulo? Gostou da história do Fofão? Escreve aí: support@citymapper.com ou adiciona a gente aqui.

 

 

Com informações da SPTuris, SPTrans, Blog Ponto de Ônibus, Via Trolebus. Fotos de José Cordeiro/SPTuris, Reprodução Thamco, Adamo Banzani, Fabrício Gomes/Ônibus Brasil, jpcorreacarvalho, gustavominas e markhillary.